quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Atendimento consolidado em Parauapebas!



Atendendo nossos clientes!

















A prestação de serviços a preços realistas é um sonho em qualquer cidade.  Aqui em Parauapebas não poderia ser diferente. Tem mercado, estamos nisso há anos e temos enorme interesse em reduzir custos dos nossos clientes

A forma de contratar nossos serviços começam por hora: você pode ter um segurança, um garçom, uma cozinheira e pagar por hora ou diária. O mesmo para todos os serviços que oferecemos.

Os condomínios, as lojas ou grupos de lojas, as famílias e o comercio e indústria, os escritórios que não precisam de pessoal o dia inteiro podem contar com nossos serviços.

Tudo começa com um contato e cadastro do cliente, o pagamento do primeiro serviço e pronto. Pequenas entregas e compras também podem ser contratadas.

Estamos prestando serviços aqui há vinte e cinco anos, sempre presentes nas vidas dos nossos clientes. Queremos expandir nossos serviços e estamos inteiramente à disposição de todos.
Temos o serviço de escritórios, digitalização de documentos e exames médicos, atendimento, recrutamento e seleção, elaboração  PPRA, PCMSO, treinamento de RAC e outras demandas.

Funcionamos na Rua Ceará, 19 – Rio Verde – fones 991632168 e wh 981041694

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Energia solar se impondo



CDHU lança primeiro residencial vertical com placas fotovoltaicas
Condomínio no interior de São Paulo vai gerar 4.760 KWh/mês por meio de 152 módulos
Da redação da PINIweb
31/Maio/2017





A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) vai construir em Aparecida, na região Administrativa de São José dos Campos, em São Paulo, o seu primeiro residencial vertical com placas fotovoltaicas. Serão instalados 152 módulos no telhado de quatro blocos que irão gerar cerca de 4.760 KWh/mês.

A energia será destinada principalmente para as áreas comuns: estacionamento, espaços de circulação entre o condomínio e hall das escadas. O excedente vai ser transferido para a rede de fornecimento da distribuidora, fazendo com que o relógio de energia gire para dois lados (consumo e geração de energia). A previsão da CDHU é de uma produção de 50 kWh/mês por habitação, o que representa cerca de R$ 30 de economia na conta mensal de cada família.

Os 64 apartamentos do residencial serão distribuídos em quatro pavimentos e mais um Centro de Apoio ao Condomínio (CAC). O empreendimento terá ainda playgrounds, paisagismo e toda infraestrutura de energia, gás, esgoto e água, medição individualizada de água, sistemas de drenagem e telefonia.

A licitação para a construção do Conjunto Habitacional Aparecida B já foi lançada. Para acessá-la, clique aqui (concorrência 004/17). A previsão é que a construtora responsável seja selecionada e o contrato seja assinado até setembro. O investimento estimado é de R$ 9,3 milhões.

O uso de placas fotovoltaicas em edifícios é resultado da experiência com projetos-piloto implantados pelas secretarias da Habitação e de Energia e Mineração após convênio firmado em dezembro de 2016. Cerca de 25 moradias no estado já permitem geração de energia e criam um sistema de compensação de energia elétrica com a rede.
"O Governo de São Paulo sempre esteve na dianteira de inovações para moradias de interesse social. A CDHU, em seus mais de 50 anos, já fez isso com os aquecedores solares para água de chuveiro, individualização da medição de água e agora vamos fazer isso com a energia fotovoltaica", afirma Rodrigo Garcia, secretário estadual da Habitação.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Obras em São Paulo



DER publica seis editais para obras rodoviárias no estado de São Paulo
Serviços orçados em R$ 16,2 milhões contemplam vias em São Roque, Jandira, Monte Azul Paulista, Amparo, Itapira, Barra do Turvo e Mogi-Guaçu
Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
24/Julho/2017






O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) publicou seis novos editais de licitação para obras rodoviárias no estado de São Paulo. As concorrências contemplarão serviços de recuperação de erosões, restauração de aterro, contenção de taludes e projetos executivos para pavimentação de ponte e recapeamento de pistas.



Na SPA 053/280 (Via de Acesso João de Góes), em São Roque, a licitação prevê a elaboração do projeto executivo e serviços de recuperação de taludes e da pista no km 4,8, km 7,5 e km 8,0. O prazo previsto para a conclusão das obras é de seis meses após seu início, com investimento previsto em R$ 920 mil. A abertura das propostas está marcada para o dia 10 de agosto.

Já na SPA 032/280 (Rodovia João de Góes), em Jandira, a concorrência aberta pelo Governo de São Paulo pretende contratar a elaboração de projeto executivo e serviços de contenção de talude no km 0,3. O prazo previsto para conclusão dos serviços orçados em R$ 629,4 mil é de cinco meses após seu início. As propostas serão apresentadas no dia 9 de agosto.

O edital para a SP-322 (Rodovia Armando de Salles Oliveira), em Monte Azul Paulista, vai escolher a empresa responsável pela recuperação do aterro com substituição do tubo de drenagem por galeria no km 417,50. O prazo previsto de conclusão dos serviços é de seis meses após seu início. O custo estimado é de R$ 875,2 mil e as propostas serão conhecidas também no dia 9 de agosto.

A SP-352 (Rodovia Antonio Cazalini), em Amparo e Itapira, por sua vez, receberá serviços de conservação especial e reabilitação da sinalização horizontal do km 133,40 ao km 162,54. A empresa contratada deverá executar os trabalhos em oito meses ao custo de R$ 11,8 milhões. A licitação está programada para 30 de agosto.

A SPA-552/230, em Barra do Turvo, a concorrência é para a elaboração do projeto executivo de uma nova ponte no km 19, com orçamento de R$ 212,3 mil. O prazo de conclusão do projeto é de cinco meses e as propostas serão abertas em 25 de agosto. A licitação da SPI-177/342, em Mogi-Guaçu e Itapira, por fim, é para selecionar a empresa que vai elaborar o projeto executivo da recuperação da pista, pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais do km 0,00 ao km 22,90. O prazo previsto de execução do projeto é de oito meses, com investimento de R$ 1,78 milhão e abertura das propostas em 6 de setembro.

Os editais fazem parte do segundo lote de licitações do pacote de obras do Estado, anunciado no final de junho pelo Governador Geraldo Alckmin. O investimento previsto é de R$ 360 milhões para melhorias em 51 municípios e 23 rodovias estaduais, atingindo 5,3 milhões de habitantes. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...